Notícias

Saiba tudo o que acontece durante a contratação de um financiamento imobiliário

Saiba tudo o que acontece durante a contratação de um financiamento imobiliário

Quanto tempo demora?

O tempo de duração da solicitação do financiamento, desde a primeira simulação realizada no banco até a liberação dos recursos ao vendedor do imóvel, varia para cada instituição financeira. Em média, no entanto, são necessários de 30 a 45 dias para a finalização da operação. Em alguns bancos, o processo pode ser finalizado em 15 dias, embora isso seja mais raro de acontecer. E em outras instituições, por outro lado, a liberação dos recursos demora e pode levar mais de três meses.


Por onde começar?

O economista José Pereira Gonçalves, especialista em mercado imobiliário, orienta que as pessoas realizem simulações em três ou quatro instituições distintas. Muitas vezes, elas oferecem esse serviço em seus sites. Com o levantamento em mãos, você terá como saber o valor máximo que será financiado e o quanto você terá que dar de entrada.

Dica: Faça uma simulação no banco em que você é cliente, pois a instituição já terá, em princípio, a partir do seu cadastro, um conhecimento sobre a sua renda. Mas nunca fique restrito à instituição onde você é correntista, pois outros bancos podem oferecer mais vantagens.

Aprovação do crédito

Depois de feita a pesquisa inicial, você pode ir a uma agência bancária para começar a primeira etapa da contratação de um financiamento: a aprovação do crédito.

  • Facilidade: Este procedimento costuma ser bastante rápido - em algumas instituições, a aprovação pode ser feita na hora!

1º passo: O agente bancário faz uma nova simulação do futuro financiamento;

2º passo: Caso o cliente queira solicitar a aprovação, algumas documentações são exigidas, como contracheques para comprovação de renda, histórico do cartão de crédito, comprovantes de outros investimentos ou outros documentos que o banco pedir;

3º passo: O agente bancário também verifica a situação do cliente junto a instituições financeiras como o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), Serasa e Sistema de Informações do Banco Central (Sisbacen) e confere se há algum impedimento para a liberação do crédito;

4º passo: Depois de ter a aprovação, o cliente tem um prazo específico determinado pelo banco para entregar a documentação referente ao comprador, ao vendedor e ao imóvel. Essa etapa faz parte da contratação do financiamento. Confira abaixo em detalhes.

Em algumas instituições, até a aprovação do crédito, não é necessário que o comprador já saiba qual imóvel será financiado. O crédito aprovado pode, inclusive, ser uma vantagem na hora da negociação junto ao vendedor

Contratação do crédito

Esta é a etapa final para obter o crédito imobiliário e tem início com a entrega de toda a documentação. Saiba o que acontece:

1º passo: Com a documentação entregue pelo cliente, o banco dá início à análise jurídica de todos os documentos;

    • Qual documentação os bancos exigem para obter financiamento?

      Cada instituição bancária solicita documentações específicas para aprovação e contratação dos financiamentos. Alguns documentos, no entanto, são padronizados. Confira!

      Para aprovar o crédito:

      A aprovação do crédito é a primeira grande etapa do processo de contratação de um financiamento imobiliário. Normalmente, as documentações exigidas pelas instituições são estas:

      RG

      CPF

      Comprovação de renda, de acordo com a atividade profissional

      Comprovante de estado civil atualizado

      Para contratar o financiamento:

      Para a contratação do financiamento, os bancos exigem uma documentação referente ao comprador, ao vendedor e ao imóvel

      Comprador (pessoa física)

      RG

      CPF

      Declaração indicando a profissão

      Comprovante de residência

      Comprovante de estado civil atualizado

      Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais

      Comprador (pessoa jurídica)

      Contrato social ou Estatuto Social com as últimas alterações contratuais e estatutárias

      Certidão Negativa de Débito (CND) do INSS

      Certidão de Quitação de Tributos Federais (CQTF)

      Certificado de Regularidade do FGTS (CRF)

      • Onde conseguir: na Caixa Econômica Federal

      Vendedor (pessoa física)

      RG

      CPF

      Declaração indicando a profissão

      Comprovante de residência

      Comprovante de estado civil atualizado

      Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais

      Vendedor (pessoa jurídica)

      RG ou outro documento oficial de identificação que conste foto e filiação dos sócios representantes da empresa

      CPF ou documento oficial que conste o referido cadastro dos sócios representantes da empresa

      Certidão Simplificada da Junta Comercial se for o caso

      Contrato Social ou Estatuto Social (com alterações registradas)

      Documento de constituição de firma individual e, se for o caso, com as alterações registrados

      Certificado de Regularidade do FGTS

      Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais

      Indicação de conta corrente para recebimento do crédito

  • Dentre os documentos, os bancos exigem uma avaliação do imóvel feita por um engenheiro credenciado ao banco, que determina o seu valor de compra e venda. Os custos desta avaliação são do cliente que solicita o financiamento

2º passo: Se não forem encontradas restrições com os documentos, os contratos são redigidos;

3º passo: O comprador é chamado, então, para a assinatura dos contratos;

4º passo: Depois da assinatura na agência bancária, o cliente leva os contratos para o Registro de Imóveis;

5º passo: O comprador leva, então, os contratos registrados para o banco, que poderá efetuar o pagamento do vendedor do imóvel;

Depois de 30 dias da assinatura do contrato, o comprador recebe a primeira prestação do financiamento.